Bem-vindos!

A ideia de criar um blog surgiu da necessidade de um espaço mais próximo e concreto de conexão por meio da escrita.

Com a reconfiguração do mundo do trabalho e das relações sociais nesse período de isolamento social, a troca de ideias ganhou amplitude na rede virtual, dando brechas e oportunidades para que várias pessoas exponham seus pontos de vista.

O nome do Blog surgiu justamente da busca pela análise dos diversos pontos de vista existentes, nesse momento em que se vive uma “exacerbação do eu” como afirmam Leandro Karnal e Monja Cohen no livro “O inferno somos nós”. Atualmente, verifica-se o aumento da intolerância e do desrespeito à diversidade. Muitas pessoas acreditam que apenas suas ideias estão corretas e nem ao menos tentam entender racionalmente a justificação de seus próprios argumentos.

Logo o povo brasileiro, conhecido por sua cordialidade e calor humano, um povo diversificado por natureza e que afirma orgulhar-se de sua nacionalidade e características positivas, parece caminhar em meio a uma cultura de ódio.

Nesse sentido, por meio da etimologia da palavra “relativize”, busca-se exatamente evidenciar que é preciso “considerar (algo) sob um ponto de vista relativo e não absoluto”.

Mais do que apresentar ideias, o que se busca nesse espaço é a construção das ideias.

“Relativizar” aparece aqui por outro motivo, simbólico, considerando o livro “Relativizando” do antropólogo Roberto Damatta (2010), primeiro livro de ciências sociais que tive contato na graduação em Ciências Sociais da UFF e que, posteriormente, tornou-se leitura obrigatória em todas as turmas de Sociologia que lecionei.

Partindo de uma comparação aparentemente simples – o fato de comer um bolo – o autor demonstra as várias justificações e motivações que compõe as ações humanas.

Nessa perspectiva, entende-se que é preciso relativizar para entender outros pontos de vista, para entender os fatores que propiciam sua existência e para questionar sua validade e veracidade. Em um tempo em que a capacidade crítica parece restringir-se cada vez mais, tem-se como ideia central reavivar o espírito questionador de cada leitor para que seja possível despertar as curiosidades adormecidas e, sobretudo, pensar na sociedade brasileira contemporânea a partir de suas múltiplas realidades.

Significado de relativizar:
Descrever algo relacionando uma coisa com outra;
Não admitir ou tomar como absoluto, completo, restrito;
Relativizar um problema;
As questões se relativizaram com a nova teoria.

Creative light bulb doodle vector

Publicado por biancamonteirodecastro

Vida acadêmica e #Direito! 💙⚖️📚✨ 👩🏻‍⚖️ #Professora Universitária ⚖️ Advogada e Socióloga 🎓 Doutoranda em Sociologia Política

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: